Notícias

Vice-Presidente lança desafio de plantação de um milhão de Mangues até Dezembro

O Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa, lançou esta terça-feira [02.02.2021], o desafio à sociedade angolana em geral e em particular as organizações ambientalistas, as empresas e os cidadãos de plantar até Dezembro do corrente ano um milhão de Mangues.

Bornito de Sousa, que lançou o repto ao discursar na sessão de abertura do “Workshop Internacional sobre Zonas Húmidas”, por videoconferência, lembrou que tal objectivo é possível com o envolvimento de todos e vai contribuir para a restauração dos mangais em toda a orla costeira angolana.

O Vice-Presidente da República lembrou que nos últimos meses o país tem procurado contribuir para a mudança de atitude em relação a um ecossistema em particular, que pelas suas especificidades, merece de todos uma atenção especial: os mangais.

Diante disso, Bornito de Sousa defendeu a necessidade do país mobilizar-se para acções concretas em relação aos mangais, contando com o envolvimento dos governos provinciais, administrações municipais e comunais, bem como dos munícipes, empresas e organizações, seja qual for o seu objecto social.

O Vice-Presidente da República defendeu ser necessário cuidar dos poucos mangais que ainda restam e aí onde por acção humana, directa ou indirecta, deixaram de existir: “vamos restaurar os mangais”!

Participaram do evento, entre outras entidades, o Ministro da Cultura, Turismo e Ambiente, Jomo Fortunato, a Comissária da União Africana, Josefa Sacko e o Director para África da Convenção de Ramsar, Zebedee Njisuh.

Angola é desde 2013 signatária da “Convenção de Ramsar”, primeiro tratado intergovernamental a fornecer uma base estrutural para a cooperação internacional e acção nacional para a conservação e uso sustentável dos recursos naturais, em particular das zonas húmidas e seus recursos.

Copyright ©️ 2020 MwangoBrain | Todos os direitos reservados