Notícias

Presidente João Lourenço apoia reflorestação de mangais e “projecto Carbono Azul”

O Presidente da República, João Lourenço, testemunhou na manhã de sábado [23.10.2021] o arranque da iniciativa ambiental da Sonangol “Projecto Carbono Azul” e participou da campanha de plantação mangues, numa iniciativa da Otchiva e parceiros.

Acompanhado da Primeira Dama, Ana Dias Lourenço, o Chefe de Estado deslocou-se ao Ramiros, a sul do centro de Luanda, onde testemunhou o nascimento do “Projecto Carbono Azul”, iniciativa da Sonangol, cujo escopo é o de apoio directo à programas ambientais empreendidos por jovens, em todo o território nacional.

Como expressão disso, o Presidente deu o primeiro sinal de que o “Projecto Carbono Azul” é já uma realidade ao participar do reflorestamento da zona de mangais do Ramiros, tendo plantado mangues, e na sequência, ter oferecido meios de transporte à Otchiva, ONG nacional que se tem dedicado à preservação destes ecossistemas, no país.

Com a oferta de meios de transporte pelo Presidente da República, a ONG angolana fica mais capacitada para dar vazão, no tempo certo e lá onde for necessário, ao fortalecimento do processo de reflorestamento dos mangais.

Os mangais são ecossistemas que contribuem para a protecção costeira contra efeitos do vento, ondas e correntes de água, conservação da diversidade biológica, de recifes de coral e fornecimento de habitat, zonas de reprodução e desova.

Dados da União Africana indicam que o continente africano tem cerca de três milhões de hectares de florestas de mangais, apresentando cerca de 19% do total global.

Resultado da sensibilidade ambiental do Governo, Angola é desde 10 de Outubro do ano em curso, Estado parte da Convenção de Ramsar (tratado assinado, em 1971, na cidade iraniana com mesmo nome) tendo identificado dez potenciais “Sítios Ramsar”, zonas húmidas de interesse internacional.

Copyright ©️ 2021 Órgãos de Apoio ao Vice-Presidente da República (OAVPR) | Todos os direitos reservados