Notícias

Dia da Força Aérea Nacional

Assinala-se esta sexta-feira [21.01.2022] o Dia da Força Aérea Nacional (FAN), efeméride proclamada pelo primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto, num acto solene realizado em Luanda, no ano de 1976.

Ramo aéreo das Forças Armadas Angolanas, a Força Aérea Nacional descende da então Força Aérea Popular de Angola/Defesa Anti-Aérea (FAPA/DAA) das Forças Armadas Populares de Libertação de Angola (FAPLA), que teve o seu ponto de partida nas aeronaves e infra-estruturas da antiga 2ª Região Aérea (Angola e São Tomé e Príncipe) da Força Aérea Portuguesa, deixadas em Angola depois da sua Independência de Portugal.

A criação da FAN pelo Estado angolano teve como propósito a defesa dos principais pontos estratégicos do país, fundamentalmente dos ataques desencadeados pela aviação sul-africana, na tentativa de suprimir, pela retaguarda, as forças da SWAPO (Namíbia) e do Congresso Nacional Africano (ANC) então instaladas em território angolano. Foi em 1978, que a FAPA/DAA conhece uma etapa de desenvolvimento técnico-militar e consegue fazer frente às investidas do exército sul-africano que ameaçavam a instabilidade no Sul do país.

Deste modo, o ano de 1991 fica registado nos anais da história militar angolana, marcando assim, uma nova etapa para a FAN, fruto dos acordos rubricados, em Bicesse (Portugal) entre o Governo angolano, dirigido pelo MPLA, e pela UNITA, numa altura em que tinham sido constituídas as Forças Armadas Angolanas (FAA), únicas e apartidárias. Em 1992, estavam criadas as condições necessárias, abrindo caminho para a reorganização e reequipamento de todas unidades da FAN.

Entretanto, o processo de consolidação da FAN viria a ser fortemente influenciado pela União Soviética e Cuba, países que levaram a FAPA/DAA a adoptar organização e equipamentos do modelo do Pacto de Varsóvia. Em 2007, a Força Aérea Angolana mudaria a sua designação oficial para “Força Aérea Nacional”.

Copyright ©️ 2021 Órgãos de Apoio ao Vice-Presidente da República (OAVPR) | Todos os direitos reservados