Notícias

Dia da Cultura Nacional

Assinala-se este sábado [08.01.2022], o Dia da Cultura Nacional. A efeméride foi adoptada tendo como referência o primeiro discurso sobre Cultura Nacional proferido em 1979, pelo primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto, durante a tomada de posse do corpo gerente da União dos Escritores Angolanos (UEA) .

Com o discurso proferido no dia 8 de Janeiro, ficava estabelecida a data como Dia da Cultura Nacional. Porém, mais do que isso, deixava as linhas orientadoras, que daí em diante, passariam a ser uma referência incontornável no plano cultural.

O primeiro Presidente de Angola e fundador da nação lançava, desta forma, as bases para o desenvolvimento e afirmação da cultura nacional, enfatizando que a “Cultura não pode se inscrever no chauvinismo, nem pretende evitar o dinamismo da vida.  A Cultura evolui com as condições materiais e, em cada etapa, corresponde a uma forma de expressão e de concretização de actos materiais”.

Como sinal da afirmação da cultura nacional, o país testemunhou a elevação do Centro Histórico da Cidade de Mbanza Congo a Património Cultural da Humanidade pela UNESCO, em Julho de 2017 e, visando a promoção e valorização do património cultural, foi criada a Comissão Nacional Multissectorial para a Salvaguarda do Património Cultural, por via do Despacho Presidencial nº 25/18 de 05 de Março, coordenada pelo Vice-Presidente da República.

Para o presente ano, as jornadas comemorativas do 8 de Janeiro foram afectadas pelas restrições impostas pela pandemia de Covid-19, prevalecendo a necessidade imperiosa de travar a propagação do vírus.

Em 2020, numa acção que também marcou o Dia da Cultura Nacional, o Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa, procedia à reabertura do “Espaço Aplausos”, instituição privada de utilidade social e comunitária que há alguns anos tem se destacado na promoção da cidadania através da formação artística.

Copyright ©️ 2021 Órgãos de Apoio ao Vice-Presidente da República (OAVPR) | Todos os direitos reservados