Notícias

Comissão para Salvaguarda do Património Cultural analisa processo de candidatura do Sítio Histórico da Batalha do Cuito Cuanavale

O processo de candidatura do Sítio Histórico da Batalha do Cuito Cuanavale a Património Mundial foi analisado esta sexta-feira [04.06.2021] durante a 6ª Sessão ordinária da Comissão Nacional Multissectorial para a Salvaguarda do Património Cultural Mundial.

A reunião, orientada pelo Vice-Presidente da República de Angola, Bornito de Sousa, analisou o ponto de situação do processo que tem como próximo passo a inventariação e classificação em série das zonas da margem do rio Niamey e da nascente do Rio Chambinga, e trabalhos de cartografia, entretanto condicionado pela desminagem.

A implementação das recomendações da UNESCO sobre o Plano de Gestão de Mbanza Kongo, período 2016/2020, foi objecto de discussão da Comissão, que avaliou ainda o funcionamento do Conselho Cientifico e do Comité de Gestão Participativa do Centro Histórico de Mbanza Kongo.

A Comissão encorajou a continuidade da prospecção e escavação arqueológica para a classificação de outros sítios de memória ligados ao tráfico de escravo, bem como os aspectos relativos à construção de um museu para a protecção e conservação dos vestígios arqueológicos.

Na reunião, também mereceu atenção a realização do Festival Internacional da Cultura Kongo (FESTIKONGO 2021), com iniciativas que possam contribuir para a promoção e valorização deste marco histórico para Angola e dos países integrantes, sendo que as autoridades locais elaboraram um programa interno com uma nova configuração que vai culminar com um pequeno concerto musical.

As propostas para a construção de vários monumentos, com destaque para Teka Dya Kinda (Baixa de Cassanje), o Túmulo dos Reis Ngola Kiluanje, Njinga a Mbande e Ngola Mbande, bem como a requalificação da Missão Evangélica do Dondi, na província do Huambo, e do monumento da escravatura, na Ilha de Santa Helena, mereceram igualmente a atenção da comissão.

Coordenada pelo Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa, a Comissão Nacional Interministerial para a Salvaguarda do Património Cultural Mundial, visa, entre outras atribuições, promover a implementação de programas de conservação e a gestão participativa do património cultural e garantir a adequação dos instrumentos para a efectiva protecção dos bens classificados como património cultural nacional e mundial.

Fonte: Angop

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Copyright ©️ 2020 MwangoBrain | Todos os direitos reservados