Notícias

Antigos estudantes da Católica realizam cerimónia de homenagem à professora Maria Helena Miguel

A Associação Liga dos Antigos Estudantes da Universidade Católica de Angola homenageou quinta-feira [16.08.2021], em Luanda, a professora Maria Helena Miguel, até então vice-reitora daquela instituição de ensino superior, por ocasião do seu licenciamento à reforma por tempo de serviço.

A homenagem decorreu no auditório da Escola Nacional de Administração e Políticas Públicas, na presença de antigos alunos, colegas e familiares, tendo sido preenchida por vários depoimentos de pessoas com quem Maria Helena Miguel conviveu ao longo de mais de 40 anos de docência.

Antigo colega e membro do quadro de docentes da Universidade Católica de Angola, o Vice-Presidente da República juntou-se à iniciativa, como disse, “sem reservas, por perceber, à partida, que esta tem na sua base sentimentos profundamente nobres, como respeito, solidariedade e gratidão”.

Numa mensagem que foi lida na ocasião, Bornito de Sousa sublinhou que a homenagem vem demonstrar um “carinho especial e apreço daqueles que (Maria Helena Miguel) ajudou a formar e tornar mulheres e homens de grande valia para a sociedade angolana e para a vida.”

“O Professor”, disse, “tem sempre um lugar no coração do Estudante, mas, como em tudo na vida, não lhe cabe decidir por quanto tempo, nem mesmo em que lugar exacto ele ficará guardado”. Disse ainda que tudo o que a professora Maria Helena Miguel fez ao longo de todos estes anos como Professora, como Dirigente Universitária e como precursora do projecto Universidade Católica de Angola (UCAN), valeu-lhe o carinho e admiração de todos aqueles com quem trabalhou, os estudantes, colegas de trabalho, empregados e colaboradores da Universidade Católica.

“Saiba que algumas pessoas marcam as nossas vidas, deixando-nos através de acções, atitudes e simples gestos, mensagens que jamais se apagam das nossas memórias, tornando-se aprendizados que levamos connosco para sempre”, rematou.

Visivelmente emocionada com a iniciativa, a homenageada considerou das coisas “mais extraordinárias” que lhe aconteceram, pois, como disse, “não existe coisa mais gratificante para um professor na sua carreira”.

A perspectivar para breve uma vida fora das salas de aula após licenciamento à reforma, defendeu ser necessário reforçar o investimento na educação, com realce para a formação de professores e uma maior aposta no ensino da Língua Portuguesa, enquanto veículo de transmissão de conhecimento.

Copyright ©️ 2021 Órgãos de Apoio ao Vice-Presidente da República (OAVPR) | Todos os direitos reservados